03/08/19 | 8:38
Diretor-presidente do IMMU anuncia metas em reunião com servidores das gestões de Transporte e Trânsito

O fortalecimento de parcerias com instituições vinculadas à mobilidade urbana e as intervenções no transporte coletivo urbano e no trânsito, além de ações direcionadas à Região Metropolitana de Manaus(RMM) foram anunciadas pelo engenheiro Manoel Paiva, na manhã desta sexta-feira, 2/8, no primeiro dia de gestão como diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU). As metas fazem parte das recomendações do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, para implementar a política de mobilidade urbana na capital.

Acompanhado pelos vice-presidentes Franklin Pinto (IMMU/Trânsito), Franclides Corrêa Ribeiro (IMMU/Transportes Urbanos) e pelo interventor financeiro do Sistema de Transporte, Francisco Bezerra, o presidente Manoel Paiva destacou a disposição para superar desafios em parceria com todo o staff da prefeitura, com apoio, principalmente, de secretarias como a Secretaria Municipal de Finanças (Semef) e do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“É o início de um novo ciclo. Com a união dos setores de Trânsito e Transportes estamos mais fortes para enfrentar dificuldades e cumprir metas. Buscamos a formatação de um sistema de trânsito e transporte que inclua a Região Metropolitana de Manaus. Para atingir esse objetivo, iremos dialogar ainda mais com o Estado, fazer parcerias”, disse.

O diretor-presidente retorna à casa, pois já foi servidor do órgão, na época Empresa Municipal de Transportes Urbanos (EMTU), no período de 1980 a 1988, como diretor-técnico; e de 2000 a 2003, como engenheiro de manutenção e obras. Em seu discurso, convidou os servidores a se engajarem nas estratégias da nova autarquia municipal. “Vamos administrar conflitos e buscar soluções para as categorias de transporte. No trânsito, vamos valorizar os agentes responsáveis pela segurança da circulação de condutores e pedestres. Estamos mais fortalecidos”, afirmou.

Ainda segundo o diretor-presidente, ao IMMU caberá a missão de entender e “ir a fundo” no sistema de transporte da cidade. “Estaremos atuando dentro da Acop, para termos em mãos todas as informações desse sistema, com o aval do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto”, frisou.

E com o espírito motivado, convidou todos a participarem da nova fase da autarquia municipal. “É certo que vamos mudar o atual sistema, administrando conflitos, discutindo com as categorias de transporte. Vamos gerenciar a frota e dialogar com os órgãos, assim como administrar com união, dando valorização funcional, dentro do plano de metas. Vamos lutar e nos fortalecer”, concluiu.

Conheça o diretor-presidente do IMMU

Graduado em engenharia civil, pela Faculdade de Tecnologia do Amazonas, com cursos de especializações em Planejamento e Operação de Transporte Coletivo, pelo Instituto de Planejamento Urbano de Curitiba (Ipuc/PMC); Planejamento e Operação de Tráfego e Trânsito Local, pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET/PMSP); Tarefas e Objetivos da Administração  Municipal no Campo Da Proteção Ambiental – Planejamento Urbano, Transportes Públicos e Engenharia de Tráfego, pela Secretaria de Estado do Interior de Berlim; Planejamento, Organização e Integração Comunitária nas ações de melhorias de vida à população de baixa renda; pelo Instituto de Administração Municipal (Ibam/RJ). Participou dos projetos da Arena da Amazônia e de Mobilidade Urbana e de projetos viários de longo prazo no Estado, como Amazonas 2020, Plano Estadual de Logística, Amazonas Mais Competitivo, entre outros.